Notícias
Cultivo de Peixes
19 de Janeiro de 2022 Aquaculture Brasil
Aplicações do 5G na produção de salmão: tecnologia a favor da aquicultura

A aquicultura movimenta, anualmente, bilhões de dólares em nível mundial,segundo dados da União Europeia (UE), essa indústria é responsável por parte da dieta diária, de cerca de três bilhões de pessoas.

Na Noruega, país membro da UE, as “Fazendas de Peixes” são parte significativa da economia local, devido às particularidades do clima e das condições naturais que tornam o país ideal para a piscicultura, sendo o “maior produtor de salmão do Atlântico". Nessas fazendas a tecnologia vem sendo usada faz tempo, para o gerenciamento (da alimentação dos peixes, da qualidade da água e da produção) com poucas pessoas no controle das instalações de produção. Para que isso possa ser feito com segurança e qualidade, a velocidade da Internet é fator primordial.

 

 

Uma matéria bem interessante, sobre este tema, foi disponibilizada pela empresa americana, INTEL Corp, conhecida fabricante de chips de computadores. Segundo o texto, o monitoramento do sistema de gerenciamento é feito por um conjunto de câmeras subaquáticas (de alta definição) colocadas nos tanques, que servem para observar, online, o comportamento dos peixes para decidir quando começar, ajustar e terminar a alimentação, verificar visualmente as condições da água e também, monitorar a saúde do salmão.

Daí a importância da qualidade e velocidade, de disponibilização das imagens, bem como na atuação remota dos equipamentos/máquinas responsáveis pela automação de toda a fazenda. Para aumentar a eficiência desse tipo de sistema, a INTEL, em parceria com as empresas, Telenor, Nokia e Bluegrove, forneceram e estão testando, um sistema de conectividade e tecnologias associadas, que permitem uma solução de análise do vídeo de alta resolução das câmeras utilizadas na gestão da piscicultura norueguesa.

 

 

Para validação do sistema, uma fazenda de peixes situada no sul do país, na Ilha de Gjerdinga, está servindo de laboratório para o projeto denominado de 5G-HEART que conta com financiamento da UE. A ideia do Projeto 5G-HEART “é promover a inovação em torno da Tecnologia 5G, para permitir aplicações importantes na aquicultura da Noruega, além do desenvolvimento de soluções para outros segmentos, como saúde e transporte”.Esse é um projeto derivado (e semelhante) ao 5G-VINNI (que tem também, a participação da Telenor e de outros provedores de serviços de comunicação e da Nokia) cujo foco é “validar o desempenho de novas aplicações 5G por meio de testes operacionais de serviços de conectividade avançados” (como proposto para o 5G-HEART).

Para o sistema utilizado na piscicultura da Ilha Gjerdinga, o sistema de monitoramento de vídeo utiliza tecnologia da Bluegrove , usando redes e servidores da Nokia com computadores de arquitetura INTEL e uma rede Telenor 5G para transmitir o vídeo, para uma aplicação de análise e gestão de dados, gerando relatórios online, para os operadores da fazenda.As câmeras subaquáticas captam as imagens dos peixes, produzindo e transmitindo, vários fluxos de vídeo de alta resolução (HD), que exigem largura de banda extrema do link 5G entre elas e a aplicação de análise dos dados, que fica em outro local.

A antiga rede (com tecnologia 4G) existente na fazenda, não tinha essa capacidade, devido à largura de banda de transmissão de dados insuficiente, para “tratar” o gigantesco volume de imagens captadas, na velocidade requerida pelo sistema de gestão.Com a tecnologia 5G, o problema foi superado e “os criadores de salmão podem ter uma visão clara e adequada do processo de alimentação, comportamento dos peixes e o status ambiental dos criadouros”.

Assim, quando você estiver se deliciando com um “prato de salmão da Noruega”, possivelmente deve agradecer à tecnologia 5G, pela qualidade do peixe sendo servido.

 

Fonte: Paraíba online I Coluna: Alexandre Moura

 

Veja também: 

Piscicultura marinha com garoupas no Ceará

EMBRAPA testa crescimento de tambaqui em sistema de recirculação de água

Categorias
Charges
Capa quando o cão pastor é de um produtor de peixes
quando o cão pastor é de um produtor de peixes
Charge Edição nº 22 Publicado em 28/07/2021
Informativo

Assine nosso informativo para receber promoções, notícias e novidades por e-mail.

+55 (48) 9 9646-7200

contato@aquaculturebrasil.com

Av. Senador Gallotti, 329 - Mar Grosso
Laguna - SC, 88790-000

AQUACULTURE BRASIL LTDA ME
CNPJ 24.377.435/0001­18

Top

Preencha todos os campos obrigatórios.

No momento não conseguimos enviar seu e-mail, você pode mandar mensagem diretamente para contato@aquaculturebrasil.com.

Contato enviado com sucesso, em breve retornamos.

Preencha todos os campos obrigatórios.

Preencha todos os campos obrigatórios.

Você será redirecionado em alguns segundos!