Principal Tag "1° edição"

Ana Carolina De Barros Guerrelhas – AQUATEC

Aquaculture Brasil
0
É uma grande honra para o time da AQUACULTURE BRASIL iniciar a seção “entrevistas” de nossa revista com uma pessoa tão especial e que representa tanto para a aquicultura brasileira e mundial: Ana Carolina De Barros Guerrelhas. AQUACULTURE BRASIL: Ana, primeiramente, você poderia falar um pouco para os leitores da AQUACULTURE BRASIL sobre a sua […]

As diferentes espécies de rãs criadas no mundo

Andre Muniz Afonso
0
0
Os primeiros registros sobre a criação de rãs comestíveis datam de 1897 por Chamberlain, um técnico da comissão de pesca americana, ainda que o hábito de consumir rãs seja milenar, pois gregos e chineses já o relatavam antes mesmo da era cristã. Os romanos levaram o costume à França, que o propagou à Alemanha, Inglaterra […]

O que é – Aquicultura em Sistema de Recirculação de Água?

Marcelo Shei
0
0
A Aquicultura tradicional, consiste basicamente em manter os organismos cultivados em uma área restrita onde é oferecido alimento em quantidade necessária para a manutenção de uma boa taxa de crescimento. A remoção dos sólidos e compostos nitrogenados tóxicos provenientes do alimento não consumido, fezes e outras fontes, é realizada através de constantes trocas de água […]

É sustentável a indústria de alimentos aquícolas?

Artur Nishioka Rombenso
0
0
O que é sustentabilidade? O que é uma atividade sustentável? A definição e a aplicação da sustentabilidade são mais complexas do que parecem. De modo simples, esse termo pode ser definido como uma abordagem que visa a permanência de um processo durante um período de tempo. Uma atividade sustentável pressupõe que ela seja economicamente viável […]

A importância das microalgas na aquicultura

Roberto Bianchini Derner
0
0
A biomassa de microalgas – incluídas nesta denominação as cianobactérias – é fonte de uma vasta gama de compostos de elevado valor comercial: proteínas, carotenoides, lipídios, polissacarídeos etc. A produção comercial de microalgas, através de cultivos, é uma atividade consolidada em alguns países e está a cargo de grandes empresas, que visam principalmente às indústrias […]

Monogenea – Parasitos versáteis e problemáticos

Aquaculture Brasil
0
Vermes monogenéticos estão entre as parasitoses mais comuns que acometem os peixes em criação e de vida livre, de água doce e salgada. Este grupo de parasito é bastante diversificado e durante sua evolução desenvolveram diferentes estratégias de fixação sobre seus hospedeiros, bem como diferentes estratégias reprodutivas. Essas características os tornaram parasitos de importância para a aquicultura, sendo responsáveis por causarem surtos de mortalidade especialmente em peixes jovens. Muitas vezes, altas infestações em peixes em fase de crescimento podem causar o comprometimento das condições de saúde desses animais, com reflexo negativo sobre o desempenho zootécnico. Neste artigo abordaremos a Monogeníase, os principais agentes causadores da doença, sua relação com o hospedeiro, ambiente, as estratégias para prevenção e tratamento que podem ser utilizadas.

A Importância de se Resguardar a Sanidade da Carcinicultura Marinha Brasileira

Aquaculture Brasil
0
A perspectiva da carcinicultura marinha se transformar numa nova e sólida indústria do setor primário brasileiro, com um real viés para a exportação, começou a se materializar no final dos anos 90, mas só se tornou realidade nos primeiros anos da década de 2010, quando, de um lado, o Brasil evoluiu de 3.600 t (1997) para 90.360t (2003) e, de outro, se destacou no contexto das exportações, passando de 400 t / US$ 2,8 milhões em 1998 para expressivas 58.455 t / US$ 226,0 milhões em 2003. Inclusive, neste último ano, sem contar com incentivos e apoios governamentais específicos, o camarão cultivado ocupou o 2º lugar da pauta das exportações do setor primário do Nordeste e o 1º lugar nas exportações do setor pesqueiro brasileiro.

Regulamentação da Aquicultura Brasileira – Nadando em águas turvas e turbulentas

Aquaculture Brasil
0
Se, de um lado, o Brasil possui todas as condições naturais para assumir posição de ponta no mercado mundial, de outro, não são menores os desafios a serem superados pela aquicultura brasileira. Não bastassem as dificuldades inerentes à construção e organização da incipiente cadeia aquícola, como os desafios zootécnicos e tecnológicos, o pouco e desordenado investimento em pesquisa, a concorrência das cadeias de proteína animal já consolidadas, as preferências do mercado consumidor e a concorrência da pesca extrativista (ilegal, por vezes) e do pescado importado; os empreendedores do setor enfrentam um inimigo cruel: o Estado!

Sistemas de recirculação aquícola – RAS – Quando utilizar?

Aquaculture Brasil
0
A aquicultura pode ser praticada em diferentes sistemas de cultivo, os quais variam de intensidade conforme a densidade de animais por metro cúbico de água, tipo de ração, fluxo de água ou mesmo o reuso da mesma. Quando temos a necessidade de reutilizar a água do cultivo, seja por sua pouca disponibilidade, preocupações com a poluição dos mananciais ou mesmo por competição por outros usos numa determinada bacia hidrográfica, temos motivos de sobra para a utilização de Sistemas de Recirculação Aquícola (do inglês, Recirculating Aquaculture Systems - RAS).