Principal Notícias Cultivo de Algas Avanço da certificação de algas marinhas

Avanço da certificação de algas marinhas

Avanço da certificação de algas marinhas
0

Uma fazenda que cultiva algas marinhas no mar na República da Coréia tornou-se a primeira a ser certificada de acordo com o Padrão ASC-MSC de algas marinhas. A fazenda é operada pela Gijang Sustainable Seaweed Network, sediada no condado de Gijang, na República da Coréia. É feito cultivo de wakame (Undaria pinnatifida) no mar, após a colheita é seco, processado e vendido para consumo humano em todo o mundo, inclusive para compradores na China, Japão, Estados Unidos, Alemanha, Escandinávia e Reino Unido.

O Wakame é cultivado há mais de 1.000 anos e é usado em vários pratos populares, como sopas de missô, além de ser o principal ingrediente de saladas de algas, populares em restaurantes de sushi ao redor do mundo. Seu baixo teor calórico e alto teor de nutrientes faz com que seja considerado por muitos como um superalimento.

Gijang é o segundo produtor certificado com o padrão ASC-MSC Seaweed Standard, depois da Euglena Co no Japão, e é a primeira fazenda com cultivo no mar a obter a certificação. O cultivo é feito em long-lines no mar e colhido manualmente. Para obter a certificação, a fazenda demonstrou um impacto mínimo no meio ambiente, considerando habitats locais, ecossistemas e espécies ameaçadas. As algas marinhas são cultivadas a partir de esporos produzidos pela fazenda, sem depender de algas selvagens colhidas.

“Estamos muito satisfeitos em obter a certificação ASC-MSC para demonstrar nossas práticas aquícolas responsáveis”, disse Minsu Kim, da Gijang Sustainable Seaweed Network. “Nossas algas são vendidas para clientes em todo o mundo e queremos garantir a eles que nossos produtos foram produzidos com impactos ambientais e sociais mínimos.”

Esta certificação é um desenvolvimento empolgante porque significa que os consumidores na Europa e na Ásia poderão usufruir dos benefícios das algas marinhas que foram produzidas com responsabilidade. À medida que a popularidade dos produtos de algas aumenta, torna-se mais importante do que nunca garantir que sejam cultivadas e/ou colhidas com responsabilidade, e o Padrão de Algas ASC-MSC fornece essa garantia.

A certificação foi marcada com uma cerimônia na Busan International Fisheries & Seafood Expo, na Coréia do Sul, em 6 de novembro de 2019. A cerimônia contou com a presença de representantes da ASC, MSC, WWF Coréia do Sul, Embaixada da Noruega e Ikea.

Fonte: The Fish Site