Principal Notícias Cultivo de Peixes Nova descoberta para a resistência da tilápia ao Streptococcus

Nova descoberta para a resistência da tilápia ao Streptococcus

Nova descoberta para a resistência da tilápia ao Streptococcus
0

A Benchmark Genetics – empresa no ramo da genética, sanidade e nutrição – anunciou a descoberta de um poderoso QTL para a resistência da tilápia ao Streptococcus iniae. As infecções por Streptococcus estão entre os desafios mais críticos relacionados a doenças na produção mundial de tilápia, e este avanço tecnológico representa uma oportunidade significativa para a indústria. Reduzir o nível de infecções pela bactéria, resultará em menos tratamentos com antibióticos.

A análise genômica demonstrou que uma pequena região do DNA – um Locus de Características Quantitativas, ou QTL – é responsável por uma grande parcela da variação genética para a resistência a doenças. Os marcadores genéticos deste QTL são o tema de uma solicitação de patente pela Benchmark Genetics Ltd.

O QTL será utilizado para identificar reprodutores com altos níveis de resistência melhorada a doenças no núcleo Spring Genetics e para a produção de alevinos comerciais.  É a primeira vez que um QTL significativo para sanidade é identificado e utilizado para a criação comercial de tilápia. Os alevinos comerciais de Spring TilapiaÒ estarão disponíveis aos produtores no início de 2020.

As empresas da Benchmark Genetics – a Spring Genetics e a Akvaforsk Genetics – desenvolveram um chip de SNP de alta densidade exclusivo e realizaram extensas análises genômicas para entender melhor a base genética da resistência ao S. agalactiae e ao S. iniae.  A análise genômica inicial da resistência ao S. agalactiae demonstrou que esta característica era controlada por muitos genes, cada um dos quais com um pequeno efeito, e assim teve início a seleção genômica baseada no chip de SNP de alta densidade.  Os indivíduos mais resistentes de cada família eram identificados por genotipagem, aumentando o índice de melhoramento genético e permitindo um progresso genético efetivo nas características de saúde e bem-estar animal.