Principal Notícias Artigos Artigo avalia a prevalência de filés vermelhos em catfish

Artigo avalia a prevalência de filés vermelhos em catfish

Artigo avalia a prevalência de filés vermelhos em catfish
0

Um artigo científico publicado recentemente na revista Aquaculture (vol. 507, 203-210 p, 30-maio-2019), intitulado “An assessment of red fillet prevalence in the catfish industry”, de autoria de um grupo de pesquisadores da Universidade Estadual do Mississipi (EUA), investigou a prevalência de filés vermelhos e com deformidades, de catfish comercializado nos Estados Unidos.

Filés de bagre do canal (Ictalurus punctatus) e híbridos (I. punctatus × I. furcatus) representam 51% da aquicultura norte-americana. Para garantir a qualidade e evitar infecções microbianas, uma parte dos filés é rejeitada pela indústria de beneficiamento, devido a alterações na textura ou coloração muscular (amarelo, rosa, vermelho). Isto representa uma grande perda econômica.

O filé vermelho é caracterizado por possuir essa coloração desde um ponto isolado, até toda a composição da carne. O estudo almejou investigar a prevalência desse tipo de filé na indústria do bagre e avaliou diferenças da composição por meio de cor, composição e presença microbiana. Como pode ser visto na imagem, eles foram divididos entre a) vermelho (mancha vermelha difusa), b) perfurada (ponto vermelho) e c) filetes aceitáveis.

Foi constatado que os filés vermelhos e perfurados não apresentaram diferenças na coloração, pH, gordura, proteína e umidade, enquanto os filés aceitáveis tem mais gordura e menos umidade. Os descartes representam 0,13% de cada coleta, gerando uma perda anual estimada em U$S 443.000,00 para piscicultores e U$S 683.000,00 para a indústria do processamento.

A análise microbiana mostrou que os filés aceitáveis possuem menor quantidade de bactérias, enquanto que nos filés vermelhos e perfurados a composição é semelhante, o que leva-se a crer que estejam associadas ao crescimento desses animais.

Estudos como esse são essenciais para uma maior produção, com maior qualidade e aproveitamento do pescado.