Principal Notícias Cultivo de Peixes Cuiabá recebe a III Feira Nacional de Peixes Nativos de Água Doce

Cuiabá recebe a III Feira Nacional de Peixes Nativos de Água Doce

Cuiabá recebe a III Feira Nacional de Peixes Nativos de Água Doce
0

A Feira Nacional de Peixes Nativos de Água Doce é um dos maiores eventos do aquanegócio do Brasil e vai acontecer em Cuiabá-MT nos dias 13 e 14 de novembro. O evento, criado pelo Sebrae/MT, com apoio da Associação dos Aquicultores de Mato Grosso (Aquamat), possuí uma programação voltada para piscicultores, especialistas e consumidores em geral.

De acordo com Valéria Pires, gestora do projeto, trazer um evento desta proporção para Mato Grosso é garantir que o setor produtivo local ganhe visibilidade diante de todo o país.

É um momento ímpar para o setor, porque nós fazemos com que todos os olhares se voltem para o nosso estado. Mato Grosso já esteve em primeiro lugar no ranking nacional de produção de peixes. Atualmente, ocupamos a quarta colocação, perdendo por detalhes. Com um evento desta proporção, nós reforçamos o nosso objetivo em busca da primeira colocação. Não queremos ocupar o primeiro lugar apenas em termos de produção, e sim, na possibilidade de exportar para outros estados e, quem sabe, para outros países, levando qualidade e considerando as questões de sustentabilidade, que são muito importantes.”

A feira terá entrada gratuita e será realizada no período das 12h às 20h. Durante o evento, os participantes poderão acompanhar o trabalho de 37 expositores, dentre eles, os serviços fornecidos pelo Centro Universitário de Várzea Grande (Univag), que desenvolverá oficinas gratuitas e produzirá pratos à base de peixes.

Para participar do seminário, é necessário realizar o investimento no valor de R$ 100. As inscrições poderão ser efetivadas pelo telefone 0800 570 0800 ou pelo site www.mt.sebrae.com.br.

O seminário
No período das 8h às 18h, acontecerá o Seminário de Tendências e Tecnologias, com conteúdo programático voltado para temas de grande relevância para o setor, como informações sobre o consumo de pescado, a produção dos peixes nativos, os desafios da área e as novas tecnologias que podem auxiliar no trabalho dos produtores. Estarão no seminário consultores da área produtiva, consultores da área de industrialização do pescado e também serão debatidos com os participantes as formas de redução de desperdício e contaminação.

Uma das atrações mais aguardadas do evento é o painel sobre a política de desenvolvimento adotada pelo Peru, com relação a valorização da gastronomia, do turismo e da cultura local. A palestra apresentará novas formas de aproveitar o mercado do peixe e valorizar a produção.

No seminário, o Sebrae/MT e parceiros aproveitarão para lançar um Manual de Industrialização do Pescado, produzido por meio da contribuição de diversas instituições.

Confira a Programação:
🐟 13 DE NOVEMBRO DE 2018 – TERÇA-FEIRA:
08h às 08h30 Abertura
08h30 às 09h30 Produção de nativos em fases e setorização
09h30 Às 10h Intervalo
10h às 11h Sanidade de peixes nativos
11h às 11h30 Piscicultura e turismo rural
11h30 às 12h Mesa-redonda
12h às 14h Intervalo de Almoço
14h às 14h30 Sustentabilidade econômica da agroindústria de pescado
14h30 às 15h Gerenciamento hídrico no processamento de peixes: Metodologia prática e aspectos econômicos
15h às 15h30 A Versatilidade dos peixes nativos na gastronomia
15h30 Às 16h30 Desafios e oportunidades da agroindústria do pescado
16h30 às 17h30 Ocorrência de Salmonella spp. em peixes: desafios para a indústria brasileira

🐟 14 DE NOVEMBRO DE 2018 – QUARTA-FEIRA:
08h às 09h30 Peru, o país do pescado
09h30 às 10h Intervalo
10h às 10h30 Situação atual e perspectiva do melhoramento genético de peixes nativos
10h30 às 11h Case Frigoríficos – Pantanal Pescados/MS
11h às 12h Pescado – consumo mundial e produção sustentável
12h Às 14h Intervalo de Almoço
14h às 15h Organização Setorial da Piscicultura no Brasil
15h às 15h30 Painel Piscicultura sustentável – na visão das ONGs
15h30 às 16h Painel Piscicultura sustentável – na visão do produtor
16h às 16h30 Lançamento do Manual Técnico de industrialização de pescado – Fórum
16h30 às 17h Inteligência na produção de peixes – custos e eficiência
17h às 18h Como as novas tecnologias podem ajudar o piscicultor – Startups x Piscicultura

O evento é realizado com o apoio da Agricotec, AMMCO Pharma, AQBITS, Aquabit, Aquamat, Engepesca, Gley Cruz, Kalt System, KeraBrasil, Manso Aquicultura, Multipesca, PAP Rações, Sebrae, TextilSauter, Trevisan, UFMT, Univag, VB Alimentos e Weemac.
A feira nacional de peixes nativos de água doce integra as políticas do Sebrae/MT de comprometimento com a agenda 2030 e reforça os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), que buscam promover o consumo de água potável e saneamento, o trabalho decente e crescimento econômico, bem como o consumo e produção responsáveis.

Adaptado de Olhar direto.