Terra do peixe

Terra do peixe
0

Com os dados apresentados pela prefeitura de Maripá – PR, através do seu Engenheiro de Pesca, Cleiton Manske, temos a certeza de proximidade da completa eficiência. Com o trabalho conjunto da Prefeitura Municipal, Emater-PR, produtores rurais e demais empresas do setor, o município se destaca a cada ano com a produção de tilápias em viveiros escavados.

Com um total de 133 hectares alagados, os noventa e quatro produtores maripaenses de tilápia produziram 7.120 toneladas em 2016. Números estes que levam Maripá ao topo da produção aquícola nacional quando falamos em produtividade. Os impressionantes 53,53 ton./hectare por ano de média provam que somente a organização pode trazer a eficiência. Tal organização é capaz de viabilizar economicamente a produção de 75 toneladas por produtor rural.

Realidade de uma região que consegue mostrar ao Brasil e ao mundo que o agronegócio também funciona baseado na pequena e média produção rural, bastando organizar a cadeia produtiva como um todo. A região respira tilápia e mostra viabilidade econômica com muita competitividade. Destaque especial para o trabalho das cooperativas e organizações locais de produtores na viabilização deste modelo produtivo.

Em relação à venda, hoje os produtores da região recebem os menores preços relativos do Brasil, porém mostram-se extremamente satisfeitos, ganham sua fatia no processo produtivo, continuam
investindo e desta forma garantem a continuidade e sustentabilidade deste importante segmento, que é modelo e serve de exemplo para todo Brasil.

Do ponto de vista produtivo, merecem destaque na região a aeração, o uso de probióticos e a terceirização de etapas do processo de produção, como por exemplo a despesca e outros manejos. Responsáveis pelo sucesso do modelo, qualidade de água e baixo custo de mão de obra continuam sendo o grande diferencial deste sistema de produção. Outro ponto de destaque é o grande número de pequenas indústrias que processam tilápia na região.

Desta forma, todos aqueles que gostam de ver um sistema de produção aquícola eficiente, devem visitar Maripá e o oeste paranaense. Lá é possível ver a produção remunerando todos os elos da cadeia, é possível ver excelente interação entre produtores rurais e os demais atores da cadeia e ainda, você pode ver o prazer do homem em estar fixado no campo, o que em outras regiões do país parece difícil.

Para finalizar, ninguém pode sair de Maripá sem contemplar as orquídeas espalhadas pelas árvores da cidade, deixando o município ainda mais atraente.

terra-do-peixe