Principal Notícias Cultivo de Peixes O que tem motivado empresas a investirem no setor aquícola?

O que tem motivado empresas a investirem no setor aquícola?

O que tem motivado empresas a investirem no setor aquícola?
0

O perfil de empreendedorismo do agronegócio está mudando e o setor aquícola tem contribuído para isso. Se antes a criação de gado, suínos e outros animais era sinônimo de grande rentabilidade, hoje o foco de produção tem encontrado outras vertentes – e bem mais lucrativas e sustentáveis.

E a aquicultura tem se destacado. Imagine retirar de um tanque de cultivo um salmão de 17 kg criado em apenas 15 meses, utilizando um quinto do tempo habitual? Fantástico, não?

Um bom exemplo de empresa que resolveu diversificar seus negócios é companhia americana Cargill, que durante 152 anos dedicou seus esforços em fornecer informações, financiar agricultores e influenciar a produção deles com base nas necessidades de seus clientes.

Em 2015, a Cargill resolveu comprar a EWOS, empresa norueguesa de piscicultura por nada mais nada menos que US$ 1,5 bilhão. Com a aquisição, a empresa americana passou a expandir suas atividades em razão da retração do mercado de commodities agrícolas a granel com o fim, em 2013, de um superciclo de commodities liderado pela China. Outro fator que estimulou a diversificação dos negócios foi a queda recente da demanda de grãos para biocombustíveis.

Devido ao alto custo da criação de gado, suínos e outros animais, a Cargill tem apostado na criação de salmão como um negócio lucrativo e de alta rentabilidade. Além disso, segundo Wathne, diretor do departamento de piscicultura da empresa americana, “o salmão é um produto “premium“ e, por isso, os consumidores querem saber não só sua origem, como também o alimento que lhe é dado, em uma relação de transparência entre produtor e cliente”.

Outra grande aposta da Cargill em conjunto com a Calysta, uma startup do Vale do Silício, é um investimento em uma fábrica com um custo de US$500 milhões, que produzirá até 200 mil toneladas de FeedKind, um tipo de alimento para peixes produzido a partir de bactérias alimentadas com metano.

Quer saber mais? Acesse a matéria completa AQUI!