Principal Notícias Inovação O futuro da aquicultura sustentável por meio de tecnologias e práticas inovadoras
0

O futuro da aquicultura sustentável por meio de tecnologias e práticas inovadoras

O futuro da aquicultura sustentável por meio de tecnologias e práticas inovadoras
0

A aquicultura é o setor da indústria de alimentos com o crescimento mais rápido do mundo. E não é de se surpreender, já que é uma atividade cuja responsabilidade é alimentar uma população global em contínuo crescimento. Isso sugere que a medida que a população mundial aumenta, a aquicultura sustentável deve aumentar sua produção para acompanhar a demanda.

A produção de alimentos por meio da aquicultura é uma solução viável para suprir uma demanda cada vez maior por proteína animal e reduzir a pressão pela captura de espécies selvagens. Felizmente, tem-se desenvolvido tecnologias que vão de encontro as novas necessidades do setor.

Vejamos algumas maneiras de reduzir a pegada ambiental através de práticas sustentáveis de aquicultura:

Move a aquicultura para o interior

O uso de sistemas de recirculação de aquicultura (SRA) é uma das opções mais sustentáveis de otimizar o espaço e aumentar a produtividade através do uso racional dos recursos. Tais sistemas criam condições aquáticas adequadas para o desenvolvimento da aquicultura usando tanques internos, bombas, aeradores e filtros. A tecnologia utiliza 100% de reciclagem de água dentro do sistema. O RAS é um forma de produção inovadora e bastante sustentável, não só por causa da redução dos efeitos ambientais, mas também porque cria oportunidades de desenvolver a aquicultura em qualquer lugar, inclusive em áreas urbanas.

Move a aquicultura para o exterior

Os oceanos representam 70% da superfície mundial, no entanto contribuem com apenas 2% do abastecimento mundial de alimentos. Os sistemas de aquicultura offshore são meios sustentáveis de produção de alimentos. As estruturas offshore são implementadas distantes das regiões costeiras e expostas a condições intensas de correntes, ventos e alta profundidade, o que permite uma diluição mais eficiente dos resíduos produzidos.

Utiliza a aquicultura multitrófica

A intensificação da aquicultura tem causado diversos impactos, tais como descarga de efluentes, o uso excessivo de recursos e a dependência de rações comerciais. A aquicultura integrada multitrófica (IMTA) passa a ser uma ótima solução para reduzir a pegada ambiental. O uso deste sistema envolve a criação de espécies como mariscos, algas e carpas, sendo integradas a outras espécies alimentadas, como salmão ou camarão e, à medida que os subprodutos das espécies alimentadas entram na água, elas se tornam entradas para as espécies filtradoras. Isso reduz a acumulação de efluentes e melhora a qualidade da água. Para os produtores, a utilização do IMTA é uma solução inovadora e que agrega valor econômico a produção.

Utiliza fontes de energia renováveis para uma aquicultura sustentável

As fontes de energia renováveis têm sido cada vez mais utilizadas no campo da aquicultura. Bombas de água movidas por energia eólica e sistemas de aquecimento de água através de energia solar, são algumas das aplicações altamente sustentáveis e que estão cada vez mais em uso. Investir em novas tecnologias reduz os custos operacionais em longo prazo e aumenta a competitividade e a rentabilidade, além de reduzir os impactos ambientais.

Acesse a matéria completa AQUI!