Principal Notícias Legislação Peixes importados sofriam adulteração em empresas de Santa Catarina

Peixes importados sofriam adulteração em empresas de Santa Catarina

Peixes importados sofriam adulteração em empresas de Santa Catarina
0

Nesta terça feira (16) a Polícia Federal (PF) deflagrou uma operação, denominada “Fugu” cujo objetivo é combater as irregularidades que vinham ocorrendo na superintendência do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) em Santa Catarina, junto com demais empresas do setor.

Segundo a Polícia Federal, as empresas de pescado importavam peixe adulterado da China e do Vietnã e, em Santa Catarina, incluíam substâncias de forma irregular. Além de receberem dinheiro das empresas para não fazer a fiscalização, fiscais suspeitos de participar do esquema ainda puniam os servidores que não participavam da fraude, segundo o site do G1.

De acordo com a PF, a investigação começou há 9 meses no setor de pescados do Vale do Itajaí. As empresas suspeitas adulteravam os pescados importados das espécies Panga, Merluza e Polaca do Alasca, acrescentando sódio e água para aumentar de forma irregular o peso dos produtos.

Nos próximos dias, o órgão deve divulgar uma lista com os nomes das empresas que serão obrigadas a recolher do mercado os pescados adulterados.

Em nota, o Mapa afirmou que “apoia integralmente a ação da Polícia Federal e vem colaborando com as investigações”. Segundo a pasta, “todos os servidores envolvidos na ação foram afastados preventivamente por 60 dias e, os que possuem cargos em comissão, exonerados das funções”.

Adaptado de G1.globo