Principal Colunas Aquicultura de Precisão Aquicultura de Precisão: Escrevendo um novo capítulo

Aquicultura de Precisão: Escrevendo um novo capítulo

Aquicultura de Precisão: Escrevendo um novo capítulo
0

Aquicultura de Precisão é um novo termo que começa a aparecer em algumas publicações científicas e textos de divulgação em nosso setor.

Mais divulgada, porém ainda tão pouco conhecida é a “Agricultura de Precisão”. Mas, afinal o que é isto?

Agricultura de Precisão pode ser definida como um sistema de gerenciamento agrícola baseado na variação espacial e temporal da unidade produtiva e visa ao aumento de retorno econômico, à sustentabilidade e à minimização do efeito ao ambiente.

Em termos mais simples é uma filosofia de gerenciamento agrícola que parte de informações exatas, precisas e se completa com decisões exatas. No final, o objetivo é a redução dos custos de produção, a melhoria da sustentabilidade ambiental e o aumento da produtividade e da rentabilidade dos empreendimentos.

Em termos mais simples é uma filosofia de gerenciamento agrícola que parte de informações exatas

E onde nossa aquicultura entra nisto? Simples. Porque não incorporar a proposta desta ferramenta e aprimorá-la para a realidade de nosso setor, criando a “Aquicultura de Precisão”?

Uma aquicultura que leve em consideração a realidade regional de nossa atividade, as diferentes espécies produzidas, os diferentes sistemas de produção, associados a um eficiente sistema de obtenção de informações que facilitem a tomada de decisões. Em paralelo, o estímulo a sistemas mais eficientes de produção, que envolvam equipamentos de precisão para monitoramento da qualidade de água, do fornecimento de ração, do peso e quantidade dos peixes entre outros.

Desta maneira, pretendemos nas próximas colunas, apresentar ideias, exemplos de utilização, equipamentos e tudo o que for relacionado a este tema para tornar este conceito mais familiar para o aquicultor. Trazer para o nosso dia a dia coisas que nem imaginamos que já existem e que poderiam facilitar muito nosso trabalho e contribuir para melhorar nossa eficiência e a sustentabilidade de nossa atividade.

Conto com todos para receber sugestões e tornar esta coluna “de título meio sem sentido” em algo que desperte o interesse em evoluirmos visando construir uma aquicultura no Brasil que faça jus ao potencial que nosso país apresenta para o cultivo de organismos aquáticos. E detalhe: preferencialmente uma Aquicultura de Precisão!!!