Principal Notícias Cultivo de Algas Sistema de algas produz oxigênio equivalente a uma floresta

Sistema de algas produz oxigênio equivalente a uma floresta

Sistema de algas produz oxigênio equivalente a uma floresta
0

A “Urban Algae Canopy” é um projeto desenvolvido pela empresa londrina EcoLogicStudio, que conecta conceitos de arquitetura, biologia e tecnologia (sistema de algas). Através de um sistema contínuo e digital de cultivo de microalgas, este projeto é capaz de produzir a mesma quantidade de gás oxigênio (O2) que uma floresta.

Apresentando características inovadoras a “Urban Algae Canopy” foi lançada ao público em seu formato final na Expo Milano, em 2015 (expo2015.org). O projeto foi considerado o primeiro modelo de arquitetura bio-digital da categoria. Após instalado, o sistema completo pode produzir até 148 quilos de biomassa de microalgas por dia e, adicionalmente, uma quantidade de oxigênio dissolvido equivalente a uma floresta de 4,0 (quatro) hectares!

Até chegar ao modelo ideal, o projeto de pesquisa e desenvolvimento do sistema levou seis anos para ser concluído. A estrutura conta com um sistema de revestimento personalizado, com três camadas que melhoram as propriedades das microalgas, sendo possível controlar o fluxo de energia, água e CO2, tudo isso com base nos padrões climáticos, movimentos no entorno do sistema e outras variáveis ambientais.

Contudo, para o bom funcionamento, crescimento e realização da fotossíntese, as microalgas utilizadas na “Urban Algae Canopy” necessitam de luz solar. Quanto mais intensidade de luz solar, melhor. Uma de suas vantagens é que a transparência do dossel (como são chamadas as paredes da estrutura) pode ser controlada e até mesmo reduzida, proporcionando um maior sombreamento, caso seja necessário.

Urban Algae Folly - UAF-03

A eficiência do protótipo tem sido comprovada em testes públicos e espera-se que futuramente essa invenção seja utilizada nos centros urbanos, colaborando com a beleza das cidades e melhorando a qualidade de vida de seus habitantes.

Outro projeto da empresa, a “Urban Algae Folly” foi apresentando em novembro de 2015, em Braga, Portugal (vídeo abaixo). Este projeto, em menor escala, é capaz de produzir 35 gramas de Chlorella por dia. Em termos de proteína este número equivalente a 750 gramas de carne vermelha por dia. O projeto ainda absorve 1,5 kg de CO2 por dia e produz 750 g de O2, o equivalente a demanda diária de uma pessoa.